10/09/2021

BANANA/CEPEA: Manifestações nas rodovias bagunçam mercado

Preço médio da nanica recua no Norte do SC

Por Leonardo Caires, Patrick Berquó e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Manifestações nas rodovias bagunçam mercadoVer fotos

Piracicaba, 10 - Nesta semana (06 a 10/09), as paralisações parciais dos caminhoneiros bagunçaram o mercado de banana, especialmente no Norte de Santa Catarina e no Norte do Espírito Santo, onde os relatos de bloqueios foram mais fortes, atrapalhando a comercialização. Assim, produtores que esperavam aumentar os preços da fruta, sobretudo de primeira qualidade, devido à oferta controlada nessas regiões produtoras, seja nanica ou prata, tiveram que realizar ajustes mais moderados ou até praticar descontos. Este último foi o caso do Norte de Santa Catarina, onde o preço médio da nanica de primeira qualidade recuou 12% frente a semana passada, ficando em R$ 0,96/kg.

Segundo colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea, o cenário seria ainda mais complicado se não fosse o adiamento de cargas ocorrido na semana passada - alguns clientes anteciparam pedidos, pois estavam com receio dessa movimentação atrapalhar seu fornecimento. Em algumas regiões que tiveram manifestações mais brandas, até houve uma procura razoável. Hoje (10), as atividades logísticas já estão se normalizando. Assim, espera-se um retorno do comércio nos próximos dias.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: banana nanica, Cepea, HF Brasil, norte de santa catarina, Norte do Espírito Santo, paralisações dos caminhoneiros, preço de banana, queda de preço, vendas complicadas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui