17/12/2019

BANANA/CEPEA: Exportações decolam em novembro

Menor concorrência favorece envios, principalmente ao Mercosul

Por Rodolfo Hackmann, Leonardo Caires e Marcela Barbieri
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BANANA/CEPEA: Exportações decolam em novembroVer fotos

Piracicaba, 17 – As exportações brasileiras de banana aumentaram significativamente em novembro. De acordo com a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), foi registrado envio total de 9 mil toneladas dessa fruta no mês passado, 51% superior ao de outubro e 28% maior frente a novembro de 2018.

Este aumento está relacionado ao grande volume exportado para o Mercosul, o que não era comum para o período – enquanto 5 mil toneladas foram enviadas para este destino em novembro do ano passado, neste, foram cerca de 8 mil toneladas.

Os maiores envios do Brasil ao bloco, por sua vez, refletem os conflitos político-sociais que estão acontecendo na Bolívia e no Chile, já que os bloqueios de caminhões afetaram o transporte e a comercialização da banana da Bolívia e do Equador para o Mercosul – vale destacar que o Chile é o país de passagem para frutas equatorianas.

Para a virada de 2019/2020, as exportações brasileiras de banana podem se manter em alta, devido ao aumento de oferta no Norte de Santa Catarina (principal região exportadora ao Mercosul) e à melhora na qualidade da fruta.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: banana, Cepea, comércio internacional de banana, embarques ao Mercosul, exportações de banana, mercado internacional, oferta de banana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui