09/11/2018

ALFACE/CEPEA: Com oferta restrita, americana avança

Por outro lado, crespa e lisa ainda não reagiram

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Com oferta restrita, americana avançaVer fotos

Piracicaba, 09 - Apesar da oferta reduzida de crespa e lisa nas regiões produtores paulistas de Mogi das Cruzes e Ibiúna, os preços das folhosas não reagiram significativamente nesta semana (05 a 09/11). Em função do elevado volume de chuvas nas últimas semanas, grande parte da produção foi afetada.

Por outro lado, a variedade americana, por ser mais sensível às oscilações de temperatura e fortes chuvas, foi a mais afetada e está em falta em ambas as regiões. Além disso, muitos produtores reduziram o plantio da americana em razão dos altos custos, especialmente nesta época chuvosa.

Com a menor disponibilidade, o preço subiu significativamente: em Ibiúna, foi cotada por R$ 13,50/cx com 12 unidades, alta de 38% em comparação com a semana passada. De modo geral, a procura pelas alfaces ainda não aumentou, resultando em preços estáveis para as demais variedades.

A crespa em Mogi das Cruzes saiu por R$ 13,20/cx com 20 unidades. Para a próxima semana (10 a 16/11), a previsão da Climatempo é de um clima com chuvas mais fracas e pouco ensolarado. Como a oferta está reduzida, os preços podem reagir.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, cotação, preço, produção, produtividade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui