26/07/2019

ALFACE/CEPEA: Clima acelera crescimento e limita alta dos preços em SP

Com maior disponibilidade nas roças, cotação recua levemente

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Clima acelera crescimento e limita alta dos preços em SPVer fotos

Piracicaba, 26 - Após o início de julho com produção reduzida, a elevação da temperatura nesta semana (22 a 26/07) resultou em maior oferta nas lavouras de Mogi das Cruzes e Ibiúna (SP). Os dias mais ensolarados e mais quente beneficiaram a produtividade e, consequentemente, elevou a quantidade de pés nas roças.

No início do mês – com influência das baixas temperaturas acompanhadas de geadas – o ciclo de crescimento das alfaces se prolongou, porém, com estes dias mais quentes, o crescimento está se acelerando, resultando na maior oferta nas roças. Entretanto, esse cenário terá impacto mais significativo somente nas próximas semanas. Como a demanda continua enfraquecida pelo recesso escolar, as sobras estão maiores e os preços recuaram: a crespa teve queda de 4,21% em Mogi das Cruzes, sendo cotada a R$ 11,38/cx com 20 unidades.

Em relação à qualidade, está satisfatória, sem grandes problemas com doenças, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea. Para a próxima semana (27/07 a 02/08), os preços não devem se alterar, pois o clima deve continuar favorecendo a produção e elevando a oferta disponível. Por outro lado, a volta às aulas pode favorecer a saída das alfaces.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, cotação, cotação da alface, preço da alface, preços, qualidade

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui