10/08/2018

ALFACE/CEPEA: Após chuva, preços recuam na roça

Nova queda nas vendas preocupa produtores de MG e RJ

Por Isabela Camargo e Marina Marangon
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
ALFACE/CEPEA: Após chuva, preços recuam na roçaVer fotos

Piracicaba, 10 - As vendas de folhosas na região de Mário Campos (MG) ainda não se recuperaram, e continuaram baixas nesta semana (06 a 10/08). Com isso, os preços tiveram nova queda. O principal motivo das menores vendas foi a combinação entre o clima (mais frio e úmido) e a baixa demanda nessa época do ano. No entanto, desde a última quarta-feira (08), as temperaturas se elevaram um pouco, o que pode fazer com que o mercado reaja nos próximos dias. Por outro lado, se as chuvas continuarem, podem ocasionar maiores perdas na lavoura, diminuindo a oferta e, por consequência, reajustando positivamente os preços. Assim, o preço médio da americana nesta semana em Mário Campos foi de R$ 11,93/cx com 12 unidades, queda de 8,21% em comparação à semana passada. 

Na região de Teresópolis (RJ), as chuvas também impactaram nas vendas e na qualidade das alfaces. Devido às oscilações de temperatura e o clima úmido, alguns pés estão apresentando mancha-bacteriana e podridão mole – ambas doenças bacterianas –, que afetam a estrutura da planta. A crespa na região teve pouca alteração em relação à semana passada, sendo cotada por R$ 6,30/cx com 18 unidades. Para a próxima semana (11 a 17/08), não há previsão de chuvas em ambas as regiões, segundo a Climatempo, o que pode acarretar em uma qualidade melhor e preços mais baixos. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alface, Cepea, cotações, HF Brasil, MG, preço, rj

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui