13/06/2018

BATATA/CEPEA: Pouca chuva limita produtividade na safra das secas

Oferta em junho pode ser menor que a prevista

Por Heitor Inacio, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Pouca chuva limita produtividade na safra das secasVer fotos

Piracicaba, 13 – Ao contrário do habitual, foi a falta de chuva que limitou a produtividade na temporada das secas no Paraná – São Mateus do Sul, Irati, Contenda, Ponta Grossa, Curitiba –, e em Ibiraiaras (RS), neste ano. Estima-se que, para essas regiões, a produtividade tenha uma quebra de 15% a 20%, a depender da praça, com rendimento médio de 20 t/ha, para baixo, sem expectativa de melhora até o encerramento da safra.

Quanto aos preços, neste mês, devido à greve dos caminhoneiros, era esperado que ocorresse acúmulo de áreas para colheita – e, com isso, queda mais acentuada dos valores. Porém, por maio ser considerado um período de entressafra na bataticultura, a oferta não atingiu patamares tão altos.

Contudo, mesmo com uma queda de preços menos acentuada do que o previsto, os valores ainda deverão ser insuficientes para cobrir os custos de produção para alguns bataticultores – sobretudo, aos que tiveram quebras mais acentuadas. No período das paralisações (21 a 30/05), a média de preços da batata padrão ágata especial nos atacados paulistanos foi de R$ 213,48/sc de 50 kg. Posteriormente, de 04 a 12/06, o valor foi de R$ 80,23/sc.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: batata, Cepea, clima, colheita, cotações de batata, produção de batata, produtividade, safra das secas de batata

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui