06/07/2018

BATATA/CEPEA: Elevada produção na maioria das regiões mantém cotações

Paraná tem baixa produtividade

Por Heitor A. C. Inácio, Lenise Molena e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
BATATA/CEPEA: Elevada produção na maioria das regiões mantém cotaçõesVer fotos

Piracicaba, 06 - Nesta semana (02 a 06/07) os preços da batata padrão ágata especial praticamente se mantiveram (+2,05%) nos atacados paulistanos, sendo comercializada na média de R$ 64,69/sc de 50 kg. As praças do Sul e Cerrado Mineiro seguem em ritmo normal de colheita. A produtividade no Cerrado de Minas está cerca de 750 a 800 sc/ha. Nas praças do Paraná (São Mateus do Sul e Contenda), a produtividade varia de 250 a 400 sc/ha, com as maiores produtividades nas lavouras irrigadas – neste, ano ao contrário do que normalmente ocorre neste período, foi a pouca chuva no desenvolvimento das lavouras da região que afetou a produtividade. Já no Sul de Minas Gerais o rendimento está entre 550 e 750 sc/ha. Cristalina (GO) e Chapada Diamantina (BA) seguem com excelentes produtividades, apresentando médias de 900 sc/ha. As regiões do Sudoeste Paulista e Vargem Grande do Sul (SP) ainda colhem pouco, mas intensificarão a safra nas próximas semanas, o que deverá pressionar as cotações.    

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, batata, Ceagesp, cotação, desvalorização, oferta, preço, produção, produtividade, safra, tubérculo, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui