01/04/2019

UVA/CEPEA: Preços da niagara oscilam

Chuvas e oferta no RS refletem nas cotações de março

Por Laís Marcomini, Fernanda Geraldini e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Preços da niagara oscilamVer fotos

Piracicaba, 1° – As cotações da variedade rústica niagara ficaram instáveis no mês passado. De acordo com agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, o clima chuvoso e a maior oferta gaúcha foram dois fatores de bastante interferência nos preços. No município de São Miguel Arcanjo (SP), as precipitações recorrentes, em fevereiro, provocaram perdas por podridão, reduzindo a oferta dos lotes referentes às podas "normais" e, também, em alguns de poda verde – colhidos em março.

Diante da colheita de uva rústica gaúcha, com preços atrativos e boa qualidade, houve maior procura pelo produto do Rio Grande do Sul, em detrimento das uvas paulistas. Na parcial de março (até o dia 28), os preços ficaram à média de R$ 3,03/kg, valor 26% inferior ao do mesmo período de 2018.

Na região de Campinas (SP), o início da safrinha foi marcado por cotações em queda, devido à continuidade da colheita no Sul do país (a qual se encerrou somente no final de março).

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, clima, colheita, cotações, mercado de uva, oferta de uva niagara, preços de uva, produção de uva niagara, safrinha de uva, uva, uva niagara

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui