15/05/2020

UVA/CEPEA: Niagara se desvaloriza em Louveira/Indaiatuba

Demanda pela fruta é reduzida

Por Bárbara Castilha e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Niagara se desvaloriza em Louveira/IndaiatubaVer fotos

Piracicaba, 15 - A produção de uvas rústicas continua aumentando na região de Louveira/Indaiatuba (SP), enquanto o mercado nacional segue com baixa demanda. Ainda assim, viticultores estão conseguindo escoar toda a produção, mas os preços recuaram nesta semana. A niagara ficou em R$ 3,42/kg, queda de 3,1% frente à cotação da semana passada.

Uma grande preocupação, de acordo com colaboradores consultados pelo Hortifruti/Cepea, tem sido o custo de produção. Apesar de não terem sérios problemas fitossanitários, a alta do dólar tem aumentado o custo dos insumos agrícolas. Produtores estão preocupados, especialmente, com a época de poda, que deve se iniciar em julho/20, já que o produto utilizado para quebra de dormência se encareceu. Além disso, a finalização da safrinha deve ocorrer em junho, mês em que haverá concorrência com as uvas de Porto Feliz (SP) e de Pirapora (MG), o que pode pressionar os preços devido à alta oferta.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Campinas, custo, custo de produção, demanda, indaiatuba, louveira, niagara, oferta, poda, preço, rústica, safra, safrinha, uva

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui