08/02/2019

UVA/CEPEA: Mercado mundial começa a se modificar com o avanço das temporadas

Maior oferta peruana reduz patamar de preços na Europa

Por Lais Marcomini, Fernanda Geraldini e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Mercado mundial começa a se modificar com o avanço das temporadasVer fotos

Piracicaba, 08 - De acordo com notícias de portais internacionais, o grande volume de uvas do Peru tem tornado os preços da fruta mais baixos no mercado europeu, como na Alemanha, Holanda e França. Já na Itália, os preços também estão em menor patamar, porém, por problemas na qualidade: chuvas causaram rachadura de bagas, podridão e quebra de cachos. Para a Espanha, a temporada segue positiva, pois suas uvas recentemente ganharam acesso ao mercado chinês – considerado um comprador bastante forte. Os Estados Unidos contaram com grande produção por conta das boas condições climáticas, mas também devido ao plantio de novas variedades e uso de sistemas de cultivo mais eficientes; contudo, houve grandes oscilações de preços, dependendo da variedade e qualidade. A África do Sul teve uma temporada difícil com a seca – o tamanho de algumas variedades não atendeu às exigências da China, conferindo menor volume exportado este início de fevereiro.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: África do Sul, Alemanha, cotação, desvalorização, estados unidos, europa, França, fruta, holanda, itália, oferta, peru, preços, produção, qualidade, uva

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui