31/05/2019

UVA/CEPEA: Frutas paranaenses se desvalorizam novamente

Ganhos são considerados estreitos

Por Laís Marcomini e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Frutas paranaenses se desvalorizam novamenteVer fotos

Piracicaba, 31 - Em Marialva (PR), a viticultura tem desanimado o produtor, diante das cotações baixas e do mercado fraco. Após nova desvalorização, a expectativa não é muito positiva quanto à rentabilidade. Durante o mês de maio, os preços caíram semanalmente, atingindo o menor patamar do mês nesta semana (27 a 31/05), com as variedades itália e benitaka fechando em R$ 2,48/kg (-7,3%).

Mesmo que a média dos preços tenham ficado acima dos custos estimados para o mês, produtores consideram os ganhos estreitos para a realização de investimentos em tecnologia ou área. A finalização da safrinha segue prevista para julho, e são descartadas recuperações significativas de preços, ainda mais quando se considera o custo-benefício das uvas provenientes do Vale do São Francisco (PE/BA), que acabam ganhando espaço em alguns mercados.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: benitaka, cotação, custo, itália, Marialva, Paraná, PR, preço, rentabilidade, uva

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui