10/09/2021

UVA/CEPEA: Apesar de feriado e paralisação, preços são estáveis no Vale

Exportadores já direcionam suas atenções ao mercado internacional

Por Samara Oliveira Felipe e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Apesar de feriado e paralisação, preços são estáveis no ValeVer fotos

Piracicaba, 10 - A paralisação dos caminhoneiros, que vem ocorrendo durante esta semana (06 a 10/09), provoca incertezas nas comercializações de uva do Vale do São Francisco (PE/BA), ainda que em escala muito menor que as observadas em grandes capitais. Porém, houve reflexo direto nas vendas, com o agravante do feriado prolongado no início da semana.

De modo geral, clientes estiveram apreensivos em relação às compras de um produto perecível em um contexto de possibilidade de paralisações nas rodovias, o que reduziu as vendas no mercado doméstico. Por outro lado, exportadores já direcionam suas atenções ao mercado internacional, com o início da abertura da janela de exportação. Assim, as preocupações se voltam à dificuldade logística, motivada pela falta de contêineres nos portos, o que encarece e atrasa as negociações.

No mercado interno, a uva branca sem semente embalada foi vendida à média de R$ 9,43/kg, praticamente estável frente à semana passada.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: arra 15, caminhoneiros, cotação, escoamento, exportação, feriado, paralisação, preço, uva, uva sem semente, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui