22/10/2021

UVA/CEPEA: Alta oferta no Vale continua afetando preços

Branca sem semente tem nova desvalorização

Por Samara Oliveira Felipe e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
UVA/CEPEA: Alta oferta no Vale continua afetando preçosVer fotos

Piracicaba, 22 - As cotações das uvas sem semente continuaram em baixos patamares no Vale do São Francisco (PE/BA). Contudo, produtores consultados pelo Hortifruti/Cepea relatam melhorias no escoamento, apesar de não encontrarem o mercado tão aquecido quanto gostariam. No caso das brancas sem semente, a oferta, no geral, é firme, mas houve melhora na demanda por parte do mercado externo, o que está restringindo a comercialização doméstica de frutas de qualidade. Este cenário, inclusive, pode melhorar os preços destas cultivares para as próximas semanas. Nesta (18 a 22/10), as brancas sem semente embaladas (representadas principalmente pela arra-15) tiveram média de R$ 6,64/kg, queda de 6,0% em relação à semana passada.

Com relação ao clima, o calor intenso no Vale está, aos poucos, sendo amenizado pelo aumento da umidade, com as chuvas que têm atingido boa parte da região desde ontem. As precipitações não são regulares, com áreas com alto volume e outras sem nenhum registro, mas o Inmet emitiu um alerta de perigo potencial, devido às possíveis pancadas. Este cenário preocupa produtores locais, pois, dependendo da intensidade das chuvas, a qualidade dos cachos já formados nas videiras poderá ser impactada – causando, por exemplo, rachaduras de bagas nas cultivares mais suscetíveis.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: arra 15, chuva, clima, cotação, demanda, exportação, juazeiro, oferta, Petrolina, preço, qualidade, uva, uva sem semente, vale do são francisco

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui