30/11/2018

TOMATE/CEPEA: Semana fecha em queda, mas a próxima deve ser melhor

Paty do Alferes está na reta final da safra

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Semana fecha em queda, mas a próxima deve ser melhorVer fotos

Piracicaba, 30 - O tomate salada longa vida 3A se desvalorizou nos principais atacados brasileiros entre 26 e 30/11. O Rio de Janeiro (RJ) comercializou a R$ 73,69/cx de 20 kg (-17,28%). Há pouca oferta de tomates no estado, então atacadistas cariocas estão ofertando produtos de São Paulo, Espírito Santo e Minas Gerais. Paty do Alferes está em reta final da segunda parte safra de inverno e, por isso, há maior quantidade de tomates ponteiros, o que influenciou na maior desvalorização da central frente às demais. As Ceasas de São Paulo e de Campinas (SP) comercializaram a R$ 72,26/cx e a R$ 67,31/cx, ambas com 6% de baixa, e Belo Horizonte (MG) a R$ 68,62, queda de -4,69%. 
Apesar da maturação mais lenta nas lavouras em início da safra de verão, há um maior volume de tomates saindo de regiões como Itapeva (SP), incluindo frutos verdes. A colheita deve se intensificar nas próximas semanas, mas como algumas praças da segunda parte da safra de inverno estão encerrando, a disponibilidade de frutos pode ser menor e, as cotações, mais altas.   

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Ceagesp, ceasa, cotação, desvalorização, fruto, frutos verdes, oferta, preço, rio de janeiro, safra de inverno, safra de verão, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui