19/03/2020

TOMATE/CEPEA: Rentabilidade é positiva em fevereiro

Com problemas na produção, tomaticultor conseguirá fechar no azul neste mês?

Por Juliana A. T. Parede, Raquel M. Sabelli e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Rentabilidade é positiva em fevereiroVer fotos

Piracicaba, 19 – No mês passado, quando a safra de verão de tomate atingiu 63% da colheita total, as cotações do produto fecharam em níveis superiores às estimativas de custos de produção – na média de todas as praças em atividade acompanhadas pelo Hortifruti/Cepea. Na região de Itapeva (SP), o preço médio do tomate salada, ponderado por classificação, foi de R$ 57,79/caixa, valor 44% acima dos custos de produção.

Já em Caçador (SC), além da rentabilidade positiva, houve aumento da produtividade – em cerca de 8%, devido ao clima mais firme em fevereiro. Na praça catarinense, a rentabilidade esteve 50% positiva, uma vez que o preço médio, ponderado por classificação do tomate salada, foi de R$ 32,75/cx, enquanto os custos, em geral, fecharam abaixo de R$ 30,00/cx.

A expectativa para março, por sua vez, é de preços ainda mais positivos, mesmo que a produtividade tenha se reduzido em algumas praças, devido a problemas climáticos. Isso porque o ritmo de colheita da safra de verão deve se desacelerar.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, colheita de tomate da safra de verão, custos de produção de tomate, oferta de tomate, produção de tomate, produtividade, rentabilidade, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui