05/07/2019

TOMATE/CEPEA: Problemas na produção e frio reduzem oferta

Frente fria deve manter a maturação dos tomates lenta

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena, Raquel Moreira Sabelli e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Problemas na produção e frio reduzem ofertaVer fotos

Piracicaba, 05 - Entre os dias 1º e 05/07, o tomate salada longa vida se valorizou na Ceagesp, onde foi comercializado a R$ 41,87/cx de 18-20 kg (+3,56%), o tipo 2A e a R$ 76,06/cx (+9,44%) o 3A. Na semana passada, com o aumento nas temperaturas, mais tomates foram colhidos. Logo, a oferta estava mais elevada – também relacionado com a intensificação da colheita de praças que estão em atividade no momento. No entanto, nestes últimos dias a frente fria retardou a maturação dos frutos, o que refletiu nas cotações, elevando-as. Aliado a isso, em locais que contribuem muito com a oferta nesta época do ano, como é o caso de Sumaré (SP), o encerramento antecipado culminou em menos tomates, assim como os problemas com a produção em Paty do Alferes (RJ) – incidência de broca. Para a próxima semana, os valores devem continuar altos – pelo menos até o momento em que o frio perdure e a maturação esteja lenta.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: amplitude, calor, Ceagesp, ceasa, cotação, frente fria, fruto, maturação, preço, qualidade, São Paulo, temperatura, tomate, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui