10/09/2019

TOMATE/CEPEA: Preços têm acentuada queda em agosto...

... Mas, na média, ficam acima dos custos de produção

Por Lenise A. Molena, Raquel M. Sabelli e João Paulo Deleo
Em parceria com
FMC
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Preços têm acentuada queda em agosto...Ver fotos

Piracicaba, 10 – Em agosto, o tomate salada longa vida 3A foi comercializado a R$ 38,23/cx de 18-20 kg na Ceagesp, queda de 49% em relação a julho/19 (ponderado pela classificação). Apesar da acentuada desvalorização no mês, chegando ao menor patamar de preço do ano, os valores ainda foram 23% superiores aos do mesmo período do ano passado – quando o produto registrou média de R$ 31,14/cx.

Com a queda em agosto, as cotações chegaram a níveis próximos aos custos de produção. Contudo, na média, a rentabilidade ainda se manteve positiva no mês passado. Na região de Araguari (MG), por exemplo, o preço médio do tomate salada 2A ficou em R$ 31,13/cx, valor estimado como 16% acima dos custos de produção.

Além disso, as condições climáticas (tempo mais firme e seco) em agosto garantiram aumento na produtividade em quase todas as regiões frente a julho – promovendo recuo dos custos unitários. A praça mineira, que enfrentava alta incidência de traças, fechou agosto com produção média de 425 caixas/mil pés, aumento de 11% em relação ao mês anterior. A exceção foi São José de Ubá (RJ), onde algumas lavouras foram prejudicadas pela traça.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, clima, cotação de tomate, custos de produção de tomate, oferta de tomate, preços de tomate, produtividade, rentabilidade, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui