14/08/2020

TOMATE/CEPEA: Preços registram expressiva alta

Área cultivada recua após o início da quarentena

Por Raquel Moreira Sabelli, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Preços registram expressiva altaVer fotos

Piracicaba, 14 - Entre os dias 10 e 14/08, o tomate salada longa vida 3A, caixa de 18-20 kg, ficou em R$ 68,97 (+79,75%) na Ceagesp, em R$ 67,78 (+52,09%) em Campinas/SP, em R$ 67,18 (+92,59%) no Rio de Janeiro/RJ e em 53,42 (+33,55%) em Belo Horizonte/MG. A alta é atribuída à maior redução de área cultivada que houve a partir do início da quarentena, em meados de março, em todas as áreas que vêm sendo colhidas a partir de agosto. Porém a partir de quinta-feira (13), os valores recuaram um pouco, devido à retração de venda em razão dos preços mais elevados.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, área, área cultivada, atacado, Ceagesp, ceasa, cotação, fruto, menor área, negociação, preço, redução, solanácea, tomate, valor, valorização, venda

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui