26/06/2020

TOMATE/CEPEA: Preços caem pela terceira semana seguida

Queda nas temperaturas podem desacelerar a maturação dos frutos

Por Raquel Moreira Sabelli, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Preços caem pela terceira semana seguidaVer fotos

Piracicaba, 26 - Nesta semana (22 a 26/06), as cotações do tomate salada longa vida 3A recuaram nos atacados. A caixa de 18-20 kg foi negociada a R$ 21,70 (-3,77%) na Ceagesp, R$ 19,90 (-15,17%) no Rio de Janeiro (RJ), R$ 19,47 (-4,71%) em Belo Horizonte (MG) e R$ 25,00 (-9,09%) em Campinas (SP). A queda é devido ao alto volume de tomates que entrou no atacado, reflexo da maturação acelerada. A oferta vem sendo bem superior à demanda, causando descartes. Para a próxima semana, a previsão é de queda na temperatura em algumas praças produtoras, o que pode “segurar” um pouco as maturações e os preços, reagir.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Ceagesp, ceasa, cotação, demanda, desvalorização, frio, fruto, maturação, oferta, preço, safra de inverno, solanácea, temperatura, tomate, valor, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui