23/11/2018

TOMATE/CEPEA: Preço sobe no atacado do RJ, mas não se altera em SP

Preços recuam ao longo da semana

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Preço sobe no atacado do RJ, mas não se altera em SPVer fotos

Piracicaba, 23 - Em os dias 19 e 23/11, os preços do tomate salada longa vida registraram alta no atacado do Rio de Janeiro (RJ) e seguiram estáveis na Ceagesp frente ao período anterior. O 3A foi comercializado a R$ 89,09/cx de 20 kg (+12,1%) no Rio e a R$ 76,86/cx (-0,18%) em SP. Durante a semana, os preços variaram bastante: na segunda-feira (19), as cotações chegaram a R$ 130,00/cx no mercado carioca e a R$ 120,00/cx no paulista, enquanto que na sexta-feira (23) ficaram entre R$ 50,00 e R$ 70,00/cx em ambos os atacados. Isso pode ser explicado pela menor maturação dos frutos, quando as temperaturas estiveram mais baixas entre 12 e 18/11. Entretanto, nos dias seguintes, os termômetros começaram a subir e um maior volume começou a sair da roça. A safra de verão se iniciou – apesar de pouco intensa – o que também contribuiu para elevar a disponibilidade de produtos. Aliado a isso, a demanda pode ter retraído em resposta a alta acentuada no varejo. Produtores de Itapeva (SP) que tinham apenas tomates mais verdes acabaram vendendo por um preço ainda menor, o que contribuiu para a desvalorização. Também há reclamações quanto aos tomates provenientes do Sul de Minas, que estão manchados, devidos às chuvas volumosas dos últimos dias.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Ceagesp, ceasa, cotação, fruto, oferta, preço, safra, tomate, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui