20/07/2018

TOMATE/CEPEA: Preço recua com aumento nas temperaturas

Produtividade é boa em julho!

Por Luana Guerreiro, Lenise A. Molena e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Preço recua com aumento nas temperaturasVer fotos

Piracicaba, 20 - Entre os dias 16 e 20/07, o tomate salada longa se desvalorizou na Ceagesp, onde o 2A e o 3A foram comercializados a R$ 16,00/cx de 20 kg (-9,74%) e a R$ 26,43/cx (-14,16%), respectivamente. Ao contrário das expectativas de alta para o mês de julho, as cotações estão aquém do esperado. Isso pode ser explicado pelo fato de a produtividade estar satisfatória em praticamente todas as regiões, como em Mogi Guaçu (SP), que apresentou 420 cx/mil pés em junho. Além disso, como este ano não houve chuvas em excesso que pudessem danificar os frutos (mancha e doenças), não há muitos descartes e, consequentemente, há maior volume a ser vendido e de boa qualidade. Além disso, o aumento da temperatura na semana também contribuiu para a desvalorização do tomate – temperatura não tem segurado a maturação dos frutos. Para a próxima semana, a expectativa é de um mercado semelhante.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Ceagesp, ceasa, cotação, desvalorização, frio, fruto, hortaliça, inverno, julho, preço, produção, produtividade, safra, solanácea, temperatura, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui