08/01/2019

TOMATE/CEPEA: Perspectiva 2019

Rentabilidade da cultura deve ser positiva neste ano?

Por Lenise Molena, Luana Guerreiro e João Paulo Deleo
Em parceria com
YARA
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Perspectiva 2019Ver fotos

Piracicaba, 8 – As estimativas apontam apenas 0,5% de recuo na área total de tomate cultivada em 2018 (safra de inverno 2019 e safra de verão 2019/20), concentrado nas temporadas de inverno, sobretudo na primeira parte, quando se espera área 7% menor, devido aos baixos preços entre junho e setembro de 2018.

Para a segunda parte de inverno, a redução é estimada inicialmente em 2,8%, mas com os bons resultados das temporadas anteriores, é possível que não haja essa baixa. Para a safra de verão 2019/20, a boa rentabilidade esperada na 2018/19 deve manter os plantios.

Quanto às regiões com safra o ano todo, podem ter recuperação dos 2,3% de queda da área ocorrida em 2018. A indústria, por sua vez, projeta que manterá a área de cultivo.

Quer saber mais sobre as perspectivas para o mercado de tomate em 2019? Confira o Anuário 2018-19 da Revista Hortifruti Brasil, clicando aqui.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Anuário 2018-2019, área de tomate, Cepea, Hortifruti Brasil, mercado de tomate em 2019, perspectivas 2019, produção de tomate, produtividade, rentabilidade, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui