26/10/2021

TOMATE/CEPEA: Outubro registra a maior média de preços em 2021

Oferta deve seguir controlada

Por Felipe S. Wohnrath, Luana Chiminasso e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Outubro registra a maior média de preços em 2021Ver fotos

Piracicaba, 26 – Entre os dias 1° e 25/10, os preços do tomate registraram média de R$ 87,37/cx (ponderados por classificação), alta de 50,1% frente a setembro e o maior valor mensal deste ano. Este cenário é decorrente da baixa oferta do produto, em função da acentuada redução de área cultivada na temporada de inverno nos últimos dois anos.

Somado a isso, outubro tem sido marcado por temperaturas mais amenas, o que vem retardando o ritmo de maturação dos frutos, e pela desaceleração da primeira parte da safra de inverno – a qual se encerrou mais cedo que o habitual em algumas praças, como Mogi Guaçu (SP) e Pimenta (MG), por conta dos danos parciais causados pelas geadas de julho, que resultaram em menor produtividade. Ainda, também devido às geadas, o calendário da segunda parte da temporada de inverno foi atrasado, em decorrência das perdas de mudas e da necessidade de replantio no Sul de Minas (onde a safra teve início mais lento que o normal).

Para o próximo mês, a expectativa de agentes é de que, mesmo que haja aumento na oferta, o volume ainda não deve ser acentuado.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotação de tomate, HF Brasil, mercado de tomate, oferta de tomate, oferta de tomate em outubro, preços de tomate, safra de inverno de tomate 2021, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui