18/11/2021

TOMATE/CEPEA: Oferta aumenta em novembro

Mesmo com desvalorização, preços do produto se mantêm em altos patamares

Por Luana Chiminasso, Felipe S. Wohnrath, Uriel Tiago P. Assis e João Paulo Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Oferta aumenta em novembroVer fotos

Piracicaba, 18 – Na parcial de novembro (1° a 18/11), os preços do tomate salada ao produtor estão na média de R$ 70,49/cx (ponderados por classificação), 22,9% abaixo da de outubro, mas, ainda assim, 94,2% acima dos custos de produção. Desde o início deste mês, os valores vêm caindo gradativamente, devido a problemas relacionados à qualidade dos frutos e ao aumento da oferta.

Isso porque um maior volume de chuva foi registrado em muitas praças da região Sudeste em outubro, fato que resultou em problemas como manchas, rachaduras e maior descarte dos tomates – os quais não apresentaram qualidade mínima para comercialização. Além disso, a intensificação da colheita da segunda parte da safra de inverno em Sumaré (SP) e Paty do Alferes (RJ), combinada com o início da atividade em algumas praças de verão, como Itapeva (SP), Venda Nova (ES) e Reserva (SC), também elevaram a disponibilidade dos frutos e, consequentemente, refletiram na queda dos preços.

No entanto, as praças de verão devem intensificar a colheita somente nas próximas semanas – com certo atraso frente ao usual, devido aos danos causados pelas geadas de julho, que resultaram na necessidade de replantio e transplantio de algumas mudas, além de retardar o desenvolvimento em parte das lavouras.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, cotação de tomate, HF Brasil, mercado de tomate, oferta de tomate, perspectivas para o mercado de tomate, preços de tomate, safra de inverno de tomate, safra de verão de tomate, tomate

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui