07/05/2021

TOMATE CEPEA: Mesmo com pouca oferta, preços não sobem

Expectativa é de melhora da demanda nas próximas semanas

Por Felipe Souza Wohnrath, Luana Chiminasso e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE CEPEA: Mesmo com pouca oferta, preços não sobemVer fotos

Piracicaba, 07 - Entre os dias 03 e 07/05, os valores negociados para o tomate salada longa vida 3A ficaram na média de R$ 48,41 (+0,93%) na Ceagesp, de R$ 58,12 (-9,42%) em Campinas/SP, de R$ 48,75 (-2,04%) no Rio de Janeiro/RJ e de R$ 46,33 (+0,48%) em Belo Horizonte/MG. A oferta de tomate não é grande, mas a baixa demanda ainda impede uma alta. Apesar disso, nesta sexta-feira (07), atacadistas comentaram ser o melhor dia de vendas, provavelmente pelo mês estar se iniciando (período bastante propício ao comércio) e pela flexibilização das restrições da pandemia em algumas localidades do País – com abertura de restaurantes e mercados, por exemplo.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, Ceagesp, ceasa, cotação, demanda, desvalorização, fruto, pandemia, preço, tomate, valor, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui