01/04/2021

TOMATE/CEPEA: Menor oferta aumenta preços, mas demanda segue retraída

Oferta deve recuar mais na próxima semana

Por Felipe Souza Wohnrath, Luana Chiminasso e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Menor oferta aumenta preços, mas demanda segue retraídaVer fotos

Piracicaba, 01 - Os preços do tomate voltam a subir nesta semana. Entre os dias 29/03 e 1º/04, os valores do tomate salada longa vida 3A ficaram em R$ 55,32 (+32,95%) na Ceagesp, em R$ 50,00 (+6,38%) em Campinas/SP, em R$ 40,62 (6,41%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 40,00 (+21,90%) em Belo Horizonte/MG. A alta se deve pela menor oferta no mercado, já que algumas praças do Sul do País, como Caçador (SC), estão finalizando suas colheitas, o que diminui a entrada de tomates. Em Campinas (SP), mesmo com a menor oferta de frutos, atacadistas disseram que as sobras seguem constantes de um dia para o outro, por conta da demanda cada vez mais retraída. Para a próxima semana, a oferta tende a se reduzir ainda mais, mesmo com o ritmo de colheita da safra de inverno aumentando um pouco.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, Ceagesp, ceasa, final de safra, fruto, menor oferta, negociação, negócio, oferta, preço, safra de verão, tomate, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui