06/08/2021

TOMATE/CEPEA: Geada e frio diminuem oferta e preços sobem

Demanda é melhor com o início do mês

Por Felipe Souza Wohnrath, Luana Chiminasso e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Geada e frio diminuem oferta e preços sobemVer fotos

Piracicaba, 16 - Entre os dias 02 e 06/08, os valores do tomate salada longa vida 3A ficaram em R$ 66,43 (+16,47%) na Ceagesp, em R$ 72,25 (+9,85%) em Campinas/SP, em R$ 67,44 (+32,93%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 59,64 (+22,63%) em Belo Horizonte/MG. Como resultado das geadas e frio de julho, houve desaceleração da maturação e perdas nas lavouras, o que reduziu a oferta de tomate e levou à alta. Além disso, com o início de mês, o poder aquisitivo dos compradores é maior, melhorando a demanda, confirmada por atacadistas de todas as praças consultadas nestas quinta e sexta-feiras (05 e 06/08). Na próxima semana, pode haver desvalorização pela maior presença de rasteiro no mercado.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, atacado, Belo Horizonte, Campinas, Ceagesp, ceasa, colheita, consumo, cotação, demanda, frio, fruto, geada, maturação, negociação, negócio, oferta, preço, rasteiro, rio de janeiro, safra, São Paulo, temperatura, tomate, valor, valorização, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui