04/10/2019

TOMATE/CEPEA: Enfim, tomate está em alta!

Expectativa de preços para o produtor é positiva para as próximas semanas

Por Raquel Moreira Sabelli, Lenise A. Molena, e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Enfim, tomate está em alta!Ver fotos

Piracicaba, 04 - Neste início de outubro, o tomate salada longa vida se valorizou significativamente, após dois meses (agosto e setembro) de preços baixos. O 2A e o 3A foram comercializados, entre 30/09 e 04/10, a R$ 24,76/cx de 18-20 kg (+62,22%) e a R$ 47,41/cx (+50,59%), respectivamente, na Ceagesp. A alta ocorreu porque grande parte da produção da primeira etapa da safra de inverno já foi ofertada, devido ao forte calor nas semanas anteriores – que acelerou a maturação dos frutos. Além disso, as altas temperaturas impulsionaram a produção do rasteiro, refletindo em menor volume para ser colhido neste mês. Os baixos preços em semanas anteriores também foram causados pela maior oferta de produtos ponteiros, de locais como São José de Ubá (RJ), e de tomates manchados e rachados, devido ao clima quente e às precipitações. Com isso, os valores do tomate 3A tiveram grande amplitude: de R$ 30,00 a R$ 90,00/cx. Apesar da previsão de temperaturas elevadas nos próximos dias, o fato de a safra já ter se adiantado não deve resultar em grande volume colhido a partir de agora. Por outro lado, se chover, problemas com a qualidade podem persistir.  

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: alta, calor, cotação, fruto, maturação, oferta, preço, produtor, tomate, valor, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui