05/03/2021

TOMATE CEPEA: Com menor oferta, preço sobe nos atacados de SP

RJ tem maior oferta de tomates ponteiros

Por Felipe Souza Wohnrath, Luana Chiminasso e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE CEPEA: Com menor oferta, preço sobe nos atacados de SPVer fotos

Piracicaba, 05 - Entre os dias 1º e 05/03, os preços do tomate salada longa vida 3A ficaram em R$ 48,37 (+6,89%) na Ceagesp, em R$ 54,54 (+2,1%) em Campinas/SP, em R$ 46,87 (-12,05%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 39,72 (-4,43%) em Belo Horizonte/MG. O aumento nos atacados de São Paulo e Campinas se deve pelas temperaturas mais amenas no sul de São Paulo e, consequentemente, maturação mais lenta e redução da oferta. Além disso, com os baixos valores da semana passada, alguns produtores desaceleraram o ritmo de colheita. Mesmo assim, a alta das cotações foi pouca, já que, segundo atacadistas, mesmo com início de mês as vendas estiveram travadas, já resultado das restrições impostas em função da pandemia. Essa mesma situação se explica a desvalorização do tomate nas capitais mineira e carioca. Atacadistas do Rio de Janeiro comentaram, ainda, que a qualidade segue baixa, com muita oferta de tomates ponteiros, com calibre pequeno e alguns manchados, o que afeta as vendas e pressiona os preços.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, Belo Horizonte, Campinas, Ceagesp, ceasa, colheita, coronavírus, cotação, covid-19, demanda, desvalorização, fruto, negociação, negócio, oferta, pandemia, preço, produção, produtividade, qualidade, rio de janeiro, safra de verão, São Paulo, tomate, tomate ponteiro, valor, valorização

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui