28/08/2020

TOMATE/CEPEA: Aumento das temperaturas e final de mês levam à queda nos preços

Calor pode continuar acelerando a maturação dos frutos

Por Raquel Moreira Sabelli, Juliana Acácio Toledo Parede e João Paulo Bernardes Deleo
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
TOMATE/CEPEA: Aumento das temperaturas e final de mês levam à queda nos preçosVer fotos

Piracicaba, 28 - Nesta semana (24 a 28/08), as cotações do tomate salada longa vida 3A, caixa de 18-20 kg, recuaram nas Centrais de Distribuição. O valor médio ficou em R$ 39,65 (-24,18%) na Ceagesp, em R$ 47,22 (-10,48%) em Campinas/SP, em R$ 46,04 (-18,45%) no Rio de Janeiro/RJ e em R$ 32,11 (-20,21%) em Belo Horizonte/MG. As temperaturas um pouco mais elevadas durante o dia aceleraram o ritmo de maturação do tomate, elevando um pouco a oferta, porém o clima ainda frio e o fim de mês refletiram em demanda mais retraída, relatada em todos os atacados acompanhados pelo Hortifruti/Cepea. Para a próxima semana, com a expectativa de maiores temperaturas, a oferta pode aumentar mais.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, calor, cotação, desvalorização, fruto, maturação, preço, queda, tomate, valor, variação

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui