31/12/2020

RETROSPECTIVA 2020: Manga

Como esteve o mercado da fruta neste ano?

Por Felipe Spessotto, Deborah Kubo e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
RETROSPECTIVA 2020: MangaVer fotos

Piracicaba, 31 – Em 2020, os preços das mangas palmer e tommy foram rentáveis até agosto. Além da oferta controlada, as exportações bastante aquecidas contribuíram para esse cenário. A partir de setembro, pico de safra no semiárido e início da safra paulista, os valores passaram a cair, ficando, no caso da tommy, abaixo dos custos de produção. Para a palmer, os preços ficaram abaixo dos custos a partir da metade de novembro.

No mercado externo, os envios (até novembro) foram recordes, favorecendo a rentabilidade de exportadores – principalmente diante da valorização significativa do dólar frente ao Real. Com relação à área plantada, houve novo aumento em 2020 no semiárido, reflexo da boa rentabilidade obtida em 2019.

Para conferir os detalhes quanto ao mercado de manga em 2020 e as perspectivas para 2021, acesse o Anuário 2020-2021 da revista Hortifruti Brasil.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Anuário 2020-2021, área de manga, Cepea, HF Brasil, mercado de manga, oferta de manga, retrospectiva do mercado de manga em 2020

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui