30/12/2020

RETROSPECTIVA 2020: Mamão

Como esteve o mercado da fruta neste ano?

Por Wharlhey de Cássia Nunes e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
RETROSPECTIVA 2020: MamãoVer fotos

Piracicaba, 30 – A área plantada de mamão, que vinha aumentando na maioria das regiões até o início de 2020, diminuiu no decorrer do ano, devido aos baixos preços, sobretudo no primeiro semestre. As desvalorizações descapitalizaram e desanimaram parte dos produtores, levando "aventureiros" a reduzir investimentos ou sair da cultura, enquanto mamocultores tradicionais seguiram no setor, mas com cautela.

As baixas cotações refletem a maior oferta da fruta em 2020, visto que houve crescimento nos plantios em anos anteriores. A pandemia de covid-19, que levou, nos períodos mais críticos, ao fechamento de restaurantes, escola e hotéis, importantes consumidores de mamão, também influenciou os valores.

Para conferir os detalhes quanto ao mercado de mamão em 2020 e as perspectivas para 2021, acesse o Anuário 2020-2021 da revista Hortifruti Brasil.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Anuário 2020-2021, Área de Mamão, Cepea, HF Brasil, mercado de mamão, oferta de mamão, retrospectiva do mercado de mamão em 2020

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui