06/11/2019

MELÃO/CEPEA: Volume exportado dobra em outubro

Quantidade é a maior observada para o mês, desde 2015

Por Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Em parceria com
Calcário Itaú
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Volume exportado dobra em outubroVer fotos

Piracicaba, 06 – As exportações brasileiras de melão aumentaram significativamente em outubro. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, os pedidos europeus por esta fruta foram bastante positivos no início daquele mês, mas recuaram na segunda quinzena – já que havia um grande volume de melão na Europa. Mesmo assim, os resultados finais foram animadores.

Segundo a Secretaria de Comércio Exterior (Secex), o volume exportado de melão foi de 43 mil toneladas em outubro, quantidade duas vezes superior à de setembro e a maior observada para o mês, desde 2015. A receita também quase dobrou, chegando a US$ 28 milhões no período. Considerando a parcial da safra 2019/20 (agosto a outubro), observou-se uma retomada das exportações – que cresceram 17% em volume (69 mil toneladas) e 9% em receita (US$ 45 milhões) frente à campanha passada.

Destaca-se que a atual campanha de melão brasileiro registra maior diversificação dos destinos – contando com, além dos tradicionais países da Europa, nações da Ásia e do Oriente Médio. Tal diversificação, se bem trabalhada nos próximos anos, pode reduzir a dependência da produção brasileira em relação ao escoamento ao mercado europeu – o qual, atualmente, está estagnado.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, exportação de frutas, exportações de melão, melão, mercado europeu, mercado internacional, produção de melão, recorde nas exportações de melão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui