19/12/2019 às 23:00

MELÃO/CEPEA: Expectativas de fim de ano não se concretizam

Atacadistas encaram uma das menores demandas para o período

Por Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Expectativas de fim de ano não se concretizamVer fotos

Piracicaba, 20 - Esta semana (16 a 20/12) foi marcada pela desvalorização do melão amarelo na Ceagesp – cenário inesperado para essa época do ano, pela proximidade das festas de Natal e Ano Novo, que costumam contribuir para a comercialização da fruta.

De acordo com agentes consultados, este tem sido uns dos Natais mais difíceis para os atacadistas em termos de rentabilidade. A exemplo, o amarelo tipo 6 e 7 foi cotado em R$ 19,40/cx de 13 kg, valor 9% inferior ao da semana passada e 18% menor que a média do mês de dezembro em 2018 (R$ 23,52/cx).

Além disso, também foram relatados problemas relacionados à qualidade das frutas ofertadas, principalmente para as variedades pele de sapo e amarelo. Tais problemas estão relacionados às manchas nas cascas e à própria deterioração pelo tempo de prateleira das frutas.

Destaca-se que outro fator que pode corroborar para a menor qualidade das frutas e, consequentemente, para a grande oscilação de preços na capital paulista, é o fato de as exportações receberem as melhores parcelas da produção de melão pela alta exigência do mercado externo, restando no País as frutas de qualidade inferior.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Ano Novo, Ceagesp, Cepea, exportações, fim de ano, HF Brasil, manchas nas cascas, melão amarelo, natal, preço de melão, qualidade, tempo de prateleira, vendas limitadas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui