09/04/2020

MELÃO/CEPEA: Mercado regional segue como prioridade no Vale

Envios da fruta embalada para o Sudeste ainda estão bastante limitados

Por Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Mercado regional segue como prioridade no ValeVer fotos

Piracicaba, 09 - Diferentemente do observado na capital paulista, onde houve aumento do preço em decorrência da menor entrada da fruta, o melão amarelo vendido à granel se desvalorizou 2% no Vale do São Francisco (BA/PE), fechando a semana (06 a 09/04) a R$ 1,08/kg. Agentes relataram que os envios da fruta embalada para o Sudeste ainda estão bastante limitados por conta da atual situação econômica do País, sendo que até o momento não existem previsões de reação dos preços.

Vale destacar que a oferta, que já deveria estar grande no Vale, ainda está contida no período, visto que alguns produtores ainda não iniciaram seus plantios por cautela, antes do clima, agora da menor demanda. No Rio Grande do Norte/Ceará, onde a safra principal já se encerrou, o amarelo de tipos 6 e 7 foi cotado a R$ 33,00/cx de 13 kg. Nesses estados, observou-se uma grande variação de preços no período por conta nos diferentes nichos de mercado atendidos.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: BA/PE, Cepea, covid-19, HF Brasil, melão amarelo, oferta controlada, preço de melão, rn/ce, vale do são francisco, vendas fracas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui