08/12/2020

MELÃO/CEPEA: Exportações estão similares às da safra passada

Mesmo assim, resultado ainda pode ser considerado positivo

Por Carolina Travaglini e Marcela Barbieri
Em parceria com
Syngenta
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Exportações estão similares às da safra passadaVer fotos

Piracicaba, 08 – As exportações brasileiras de melão da safra 2020/21 estão praticamente iguais às da campanha anterior. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), a parcial (agosto a novembro) registrou aumento de apenas 1% em volume, totalizando 112,4 mil toneladas, assim como na receita em dólar, somando US$ 73,3 milhões (FOB).

No entanto, ao contrário do ano passado, quando os envios foram ganhando força ao longo da temporada, notou-se maior intensidade de embarques nos primeiros meses desta safra e certa "normalização" posteriormente. Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, agora, as exportações até seguem os contratos estabelecidos, porém, sem muitos envios extras, devido às incertezas geradas pela segunda onda da covid-19 nos principais compradores.

Ainda de acordo com a Secex, os maiores importadores do melão brasileiro foram: Holanda, com 37% do volume total no período, Reino Unido, com 27%, Espanha, com 22%, e Canadá, com 3%. Apesar da baixa participação frente aos demais, o Canadá é um destaque, pois houve aumento de 118% do volume importado do Brasil em comparação com a parcial da safra passada.

Espera-se que as exportações brasileiras de melão sigam um bom ritmo até meados de dezembro, quando os embarques podem começar a se reduzir, por conta do inverno nos países europeus. Esse período também é marcado pelo início gradual das exportações de alguns concorrentes da América Central – mas agentes brasileiros devem ficar atentos aos entraves dos recentes furacões na safra dos países desta região.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, exportações de frutas, exportações de melão, HF Brasil, melão, mercado internacional de melão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui