07/08/2020

MELÃO/CEPEA: Demanda segue aquém da ideal

Maior desvalorização do amarelo ocorre na Ceagesp

Por Maria Giulia Marchesi e Marcela Barbieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Demanda segue aquém da idealVer fotos

Piracicaba, 07 - Com a perspectiva de maior entrada de melões, os preços tendem a se reduzir na Ceagesp em agosto. O cenário de queda já foi observado nesta semana (03 a 07/08), mas atacadistas relataram que o impacto de novas entradas ainda não foi muito grande e que a demanda enfraquecida, desde o início da pandemia, é um dos principais desafios encarados, de forma que resultam em sobras e em margens mais estreitas. Vale destacar que a safra do Rio Grande do Norte/Ceará está se iniciando de forma mais lenta neste ano. Assim, o amarelo tipos 6 e 7 se desvalorizou em 13% frente à semana passada e foi cotado a R$ 28,00/cx de 13 kg no entreposto.

Ao longo dos últimos dias foi registrada maior oferta de variedades nobres e pele de sapo - esse obteve preço médio de R$ 33,00/cx de 13 kg. Segundo agentes, os próximos dias são de incerteza para os atacadistas, mas, caso as temperaturas se mantenham um pouco mais elevadas neste inverno e mais cidades do interior paulista caminhem para a flexibilização das medidas de isolamento social, a demanda pelo melão pode aumentar e até favorecer os preços.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Ceagesp, Cepea, colheita gradual, demanda fraca, HF Brasil, preço de melão, queda de preço, rn/ce, safra 2020/21

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui