18/02/2021

MELÃO/CEPEA: Como estão os preparativos para a safra do Vale?

Plantio se intensifica na região

Por Carolina Travaglini e Marcela Barbieri
Em parceria com
Syngenta
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Como estão os preparativos para a safra do Vale?Ver fotos

Piracicaba, 18 – O plantio da safra principal de melão do Vale do São Francisco (BA/PE) se iniciou para alguns produtores em janeiro, mas deve se estender para a maior parte deles nas próximas semanas. Isso porque os agentes estão aguardando a intensificação das chuvas na região, previstas para o fim deste mês, para um melhor preparo do solo e posterior cultivo – de maneira que as precipitações ocorram em menor volume durante o desenvolvimento da fruta, a fim de evitar problemas com doenças fúngicas e bacterioses.

De acordo com agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea, espera-se uma área plantada similar à da campanha passada, pois, apesar dos bons retornos anteriores, ainda existem incertezas mercadológicas geradas pela pandemia – como alguns setores com funcionamento limitado, a exemplo do hoteleiro, e a economia em recuperação. Em relação às variedades, o amarelo segue como enfoque, mas também haverá orange e pele de sapo, em menores proporções.

A colheita substancial da safra de melão baiana/pernambucana deve ocorrer a partir de abril, coincidindo com a finalização da atividade no Rio Grande do Norte/Ceará. Será neste momento que produtores intensificarão o embalo da fruta e a comercialização com o Sudeste, principal polo consumidor do País, visto que a concorrência será menor. Vale lembrar que agora, na entressafra, seus melões estão sendo vendido a granel no mercado regional.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: área de melão no Vale do São Francisco, Cepea, HF Brasil, melão, oferta de melão, plantio de melão no Vale do São Francisco, produção de melão

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui