30/05/2018

MELÃO/CEPEA: Comercialização segue travada no mercado interno

Colheita diminui e estoque aumenta nas roças

Por Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Comercialização segue travada no mercado internoVer fotos

Piracicaba, 30 - A greve dos caminhoneiros persistiu e desorganizou a cadeia na parcial desta semana (28 a 30/05). Com isso, produtores de melão não conseguiram comercializar a fruta. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, nem o mercado regional conseguiu absorver o volume disponível. Assim, cotações não foram registradas. Como resultado, houve também diminuição das colheitas e o aumento dos estoques nas principais regiões produtoras, visando diminuir o impacto.

Contudo, o armazenamento apenas foi possível para aqueles que possuíam câmaras frias em sua estrutura - estas, inclusive, estão superlotadas, devido às vendas restritas. Houve relatos de que os estragos somente não foram maiores em decorrência da baixa disponibilidade de melão no período. Porém, para as próximas semanas, a expectativa pós-paralisação deve ser de elevada oferta, em decorrência dos acúmulos citados acima.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, colheita, cotação, estoque, greve, HF Brasil, melão, paralisação, preço

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui