04/05/2018

MELÃO/CEPEA: Amarelo se desvaloriza enquanto preço de nobres sobe

Frutas do Vale apresentam melhor qualidade frente às do RN/CE

Por Marcela Barbieri e Letícia Julião
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELÃO/CEPEA: Amarelo se desvaloriza enquanto preço de nobres sobeVer fotos

Piracicaba, 04 - A comercialização restrita pressionou as cotações do melão amarelo nesta semana (30/04 a 04/05). O feriado prolongado, vinculado ao fim de mês, foi um dos principais motivos. Além disso, a qualidade inferior também prejudicou as vendas. Houve relatos de que as recentes e constantes chuvas têm afetado a fruta, principalmente do Rio Grande do Norte/Ceará. Assim, atacadistas têm optado por trabalhar com produtos do Vale do São Francisco (PE/BA). Contudo, enquanto o amarelo tipo 6 e 7 foi vendido à média de R$ 25,20/cx de 13 kg na Ceagesp (valor apenas 1% inferior), as variedades nobres conseguiram se valorizar na semana, devido à restrita oferta. O cantaloupe e o gália tiveram aumento de 12% e 7% nas cotações, respectivamente.

Vale lembrar que as sobras ainda são grandes e são negociadas a preços inferiores nos centros atacadistas. Como no início de mês, a comercialização geralmente melhora, bons resultados são esperados para a próxima semana – o tempo firme, sem chuvas, esperado para os próximos dias, também pode favorecer o cenário.

 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: amarelo, Cepea, cotação, HF Brasil, melão, preço, Variedades nobres

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui