20/08/2018

MELANCIA/CEPEA: Temporada de exportações se inicia

Área no RN/CE deve se manter estável

Por Mariane Novais e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Temporada de exportações se iniciaVer fotos

Piracicaba, 20 – As vendas de minimelancias brasileiras ao mercado internacional se iniciam neste mês, com previsão de que a área plantada no Rio Grande do Norte/Ceará, principal região exportadora, seja semelhante à do ano passado (2.000 hectares). Quanto aos contratos, foram fechados em meados de junho e, para esta temporada, espera-se que o ritmo de envios siga o da safra 2017/18, segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea.

Na última safra (de agosto/17 a março/18), foram enviadas 71,5 mil toneladas de minimelancias ao exterior, segundo dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior), aumento de 2% em relação à temporada anterior e novo recorde. Entre agosto e novembro/17, foi relatada maior incidência de pragas, como a mosca branca. Entretanto, neste ano, os investimentos em novas tecnologias, principalmente controle biológico, podem atenuar os impactos.

A temporada de exportações deve seguir até abril de 2019, com a finalização da colheita no RN/CE. Produtores têm boas expectativas, principalmente quanto à produtividade, que tem aumentado ano a ano mesmo com a crise hídrica, devido ao investimento em novas tecnologias.

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: área de melancia, Cepea, exportações de melancia, Hortifruti Brasil, melancia, mercado internacional, minimelancia, rn/ce, secex

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui