15/01/2021

MELANCIA/CEPEA: Sem frutas de SP e da BA, preços se elevam no RS e na Ceagesp

Oferta não deve aumentar significativamente nos próximos dias

Por Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Sem frutas de SP e da BA, preços se elevam no RS e na CeagespVer fotos

Piracicaba, 15 - Com a diminuição da colheita na região de Teixeira de Freitas (BA) e o término da safra principal no estado de São Paulo, houve redução na oferta de melancias nos últimos dias, com predomínio das oriundas do Rio Grande do Sul. Neste cenário, as cotações se elevaram ao longo desta semana (11 a 15/01), tanto nas roças quanto no atacado. Na Ceagesp, a melancia graúda (>12 kg) foi comercializada a R$ 1,50/kg, aumento de 8,7% em comparação com a semana anterior. Nas lavouras gaúchas, a fruta de mesmo calibre teve alta de 24,8%, sendo comercializada a R$ 0,57/kg.

Para os próximos dias, não há expectativa de aumento na oferta, o que pode manter os preços em patamares firmes. A safra baiana deve ser retomada (com a colheita das lavouras da segunda parte) apenas em meados de fevereiro, enquanto a safrinha paulista deve ter as primeiras melancias colhidas no final do próximo mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Arroio dos Ratos, bagé, bahia, colheita, cotação, Encruzilhada do sul, melancia, oferta, preço, Rio Grande do Sul, safra, teixeira de freitas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui