08/06/2020

MELANCIA/CEPEA: Plantios são impactados pela pandemia no TO

Atratividade da soja também reduz interesse pela melancia

Por João Pedro Motta de Paiva e Fernanda Geraldini Palmieri
Em parceria com
Bayer
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Plantios são impactados pela pandemia no TOVer fotos

Piracicaba, 08 – O plantio de melancia está em andamento nas regiões de Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia (TO). Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a área com a cultura deve ser bastante inferior à cultivada no ano passado, o que, somando-se à menor área plantada em Goiás, deve resultar em baixa oferta da fruta nos próximos meses.

No geral, os menores plantios no Tocantins ocorrem diante das incertezas da demanda por conta da pandemia de coronavírus. Além disso, os preços da soja estão bastante atrativos e muitos produtores optaram por esta cultura.

Quanto ao clima, as chuvas mais frequentes na região beneficiaram o calendário de plantio de melancia. No estado, há um prazo máximo para a finalização das atividades de semeio (até 10/06), por conta da restrição hídrica, mas, neste ano, foi estendido até o dia 20. Vale lembrar que este cronograma não abrange os produtores com reservatórios particulares.

A colheita na região é prevista para se iniciar em julho, mas alguns volumes pontuais podem ser ofertados no final deste mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: área de melancia, calendário de plantio de melancia, Cepea, clima, oferta de melancia, perspectivas para o mercado de melancia, plantios de melancia, produção de melancia

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui