22/10/2021

MELANCIA/CEPEA: Oferta limitada garante avanço nas cotações

Colheita é lenta em SP, e caminha para o final em GO

Por Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Oferta limitada garante avanço nas cotaçõesVer fotos

Piracicaba, 22 - Ao longo desta semana (18 a 22/10), houve aumento no volume de melancias colhidas em Marília/Oscar Bressane (SP), onde há expectativa de intensificação das atividades de campo nos próximos dias. No entanto, este cenário não foi suficiente para que a oferta nacional aumentasse, já que os carregamentos em Uruana (GO) estão próximos da finalização, além de terem sido impactados por chuvas no início da semana. Deste modo, as cotações avançaram novamente, impactando, inclusive, os preços no atacado.

A melancia graúda (>12 kg) foi comercializada à média de R$ 0,75/kg em Uruana, aumento de 12,1% em comparação com a semana anterior. Cotações elevadas também foram observadas na praça paulista, onde as primeiras melancias da safra 2021/22 foram negociadas a R$ 0,79/kg. Em São Paulo (SP), agentes consultados pelo Hortifruti/Cepea relataram que a chuva do último final de semana fez com que as temperaturas caíssem, limitando o consumo. Todavia, os preços seguiram o movimento de alta verificado nas roças, com a graúda sendo vendida a R$ 1,60/kg, aumento de 6,7% no mesmo comparativo.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, carregamento, Ceagesp, chuva, colheita, cotação, demanda, GO, goiás, marilia, melancia, oferta, oscar bressane, preço, safra, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui