03/04/2020

MELANCIA/CEPEA: Fruta se valoriza em SP, mas cai na BA

Aumento em SP é de 60% na semana

Por João Pedro Motta de Paiva e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Fruta se valoriza em SP, mas cai na BAVer fotos

Piracicaba, 03 - Após a queda na semana passada, as cotações da melancia tiveram forte alta em Marília/Oscar Bressane e Itápolis (SP) nesta semana (30/03 a 03/04), mas registrou novo recuo em Teixeira de Freitas (BA). Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, a comercialização foi melhor em ambas as praças, devido ao clima mais quente e ao cenário de oferta controlada. Vale ressaltar que, em Teixeira de Freitas, nem todos os produtores têm frutas graúdas, visto que a safra já está próxima da finalização.

A melancia graúda (>12 kg) foi cotada a R$ 0,69/kg em SP, aumento de 60% frente à semana passada; na Bahia, a de mesmo calibre foi comercializada a R$ 0,47/kg – valor 12,8% inferior no mesmo comparativo. Para os próximos dias, as atividades de colheita devem começar a se intensificar em Itápolis, mas a redução no ritmo das atividades na Bahia e em Marília/Oscar Bressane pode equilibrar a oferta. Assim, as cotações devem depender do escoamento (que não está aquecido, devido aos impactos do coronavírus).

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: clima, cotação, demanda, itápolis, marilia, melancia, oferta, oscar bressane, preço, teixeira de freitas

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui