12/12/2019

MELANCIA/CEPEA: Exportações parciais de 19/20 são recordes

Para dezembro, envios devem se reduzir

Por João Pedro Motta de Paiva e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Exportações parciais de 19/20 são recordesVer fotos

Piracicaba, 12 – As exportações parciais de minimelancia da safra 2019/20 (de agosto a novembro) são recordes – superando em 30% o volume enviado no mesmo período de 2018, segundo dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, o início da temporada foi lento (agosto e setembro), mas os envios se recuperaram em outubro – período em que o consumo se elevou na Europa, impulsionado pelo "vazio" da fruta local e pelo clima, ainda favorável.

Na parcial da safra (ago-nov/19), foram enviadas 52,9 mil toneladas da fruta, segundo a Secex. Em receita, foram arrecadados US$ 21,1 milhões, alta de 19% frente aos mesmos meses de 2018.

Para este mês, por outro lado, espera-se redução dos carregamentos. Isso porque o abastecimento para as festas de fim de ano já foi praticamente finalizado, devido ao tempo necessário para o transporte. Ademais, a demanda europeia pela melancia é menor neste período, em decorrência do clima frio e do menor consumo no Natal (por questões culturais).

Fonte: hfbrasil.org.br e Secex

Tags: Cepea, exportações de frutas, exportações de minimelancia, melancia, mercado internacional

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui