24/09/2021

MELANCIA/CEPEA: Em GO, colheita se intensifica e pressiona cotações

Graúda se desvaloriza em quase 30%

Por Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Em GO, colheita se intensifica e pressiona cotaçõesVer fotos

Piracicaba, 24 - As lavouras de melancia da região de Uruana (GO) estão em pico de colheita. Este cenário, somado à oferta restrita de caminhões, resultou em acúmulo de frutas nas lavouras e pressionou as cotações novamente nesta semana (20 a 24/09). A fruta graúda (>12 kg) foi negociada a R$ 0,47/kg, recuo considerável de 29,9% em comparação com a semana anterior. Com esta forte queda, os preços ficam mais próximos dos custos de produção e geram margens limitadas. No TO, por mais que as atividades de colheita estejam praticamente finalizadas, as cotações seguiram a mesma tendência, com desvalorização de 23,9% e preço médio de R$ 0,50/kg.

No atacado, o cenário é semelhante, acentuado pela demanda limitada pela fruta. Na Ceagesp, a melancia de mesmo calibre foi comercializada a R$ 1,52/kg, retração de 2,6% frente à semana passada. Para as próximas semanas, a tendência ainda é de baixos preços, visto que o elevado volume deve persistir em GO. 

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: atacado, caminhoes, Ceagesp, cotação, demanda, frete, GO, goiás, melancia, oferta, pico de colheita, preço, tocantins, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui