28/05/2021

MELANCIA/CEPEA: Cotações caem pela 5ª semana consecutiva

Mercado trava frente às baixas temperaturas

Por Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Cotações caem pela 5ª semana consecutivaVer fotos

Piracicaba, 28 - As menores temperaturas continuaram travando o mercado de melancia, e pela quinta semana consecutiva, os preços recuaram. Ao longo desta semana (24 a 28/054), a temperatura máxima em São Paulo (SP) não chegou aos 25°C, segundo dados do Inmet. Neste cenário, os termômetros em baixa afetaram ainda mais a demanda pela fruta, novamente impedindo alta nas cotações no atacado. Na Ceagesp, a melancia graúda (>12 kg), foi negociada em média a R$ 1,38/kg, leve recuo de 0,2% em comparação com a semana anterior.

O tempo mais frio também afetou a comercialização na região de Uruana (GO), principal praça abastecedora do mercado nacional atualmente. Na praça goiana, a de mesmo calibre foi cotada a R$ 0,51/kg, queda de 21,7% na mesma comparação. Nas praças de SP, as frutas das últimas roças se desvalorizaram em 5,1%, com a graúda sendo carregada a R$ 0,54/kg.

Para as próximas semanas, colaboradores acreditam em nova queda nos preços, em virtude do maior volume de frutas sendo colhidas em Uruana. Além disso, do lado da demanda, o tempo ameno que deve persistir nas principais regiões brasileiras devem impactar negativamente a procura por melancia.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Ceagesp, clima, cotação, demanda, frio, GO, goiás, melancia, oferta, preço, SP, temperatura, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui