10/03/2020

MELANCIA/CEPEA: Chuvas no plantio elevam incidência de doenças em SP

Produtores torcem por bons preços na safrinha

Por João Pedro Motta de Paiva e Fernanda Geraldini Palmieri
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Chuvas no plantio elevam incidência de doenças em SPVer fotos

Piracicaba, 10 – As primeiras melancias da safrinha paulista já estão sendo colhidas neste início de mês. No entanto, produtores estão preocupados com o rendimento das lavouras, diante das condições climáticas adversas nas regiões produtoras.

Segundo colaboradores do Hortifruti/Cepea, o elevado volume de chuvas durante o desenvolvimento da planta (principalmente em Marília e cidades próximas) propiciou a proliferação de doenças fúngicas – como cancro da haste e antracnose. Neste cenário, agentes relatam maiores gastos com insumos, devido ao elevado número de aplicações para controle no campo. Já em Itápolis, as primeiras lavouras plantadas têm apresentado problemas com viroses – transmitidas pelo tripes (que também causa danos físicos à planta).

A esperança de melancicultores paulistas é de que as cotações continuem em alta – com oferta controlada –, para aliviar os maiores gastos e permitir boa rentabilidade nesta temporada. A colheita da safrinha teve início em Presidente Epitácio (município próximo a Presidente Prudente) e, em seguida, em Marília/Oscar Bressane. Em Itápolis, por fim, as atividades devem começar ao fim do mês.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: Cepea, clima em SP, colheita de melancia em SP, doenças fúngicas em melancia, melancia, plantio, preços de melancia, qualidade, rendimento lavoura de melancia, rentabilidade, safrinha paulista de melancia

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui