08/10/2021

MELANCIA/CEPEA: Altas temperaturas persistem e cotações recuam novamente

Em GO, queda é de quase 19% na semana

Por Lucas de Mora Bezerra e Fernanda Geraldini
Compartilhar
+ Mais opções
  • Facebook
  • Enviar por e-mail
  • Copiar url curta
  • Imprimir
  • Comunicar erros
  • Maior | Menor
MELANCIA/CEPEA: Altas temperaturas persistem e cotações recuam novamenteVer fotos

Piracicaba, 08 - Ao longo desta semana (04 a 08/10), as altas temperaturas continuaram impactando na qualidade das melancias, e as cotações recuaram novamente na roça. De acordo com colaboradores do Hortifruti/Cepea, no TO há pouquíssimas roças onde a colheita ainda ocorre , mas as temperaturas elevadas e o fim da safra estão restringindo a qualidade das melancias locais. De fato, a melancia de maior calibre (>12 kg) foi comercializada em média a R$ 0,48/kg, desvalorização de 4% em comparação com a semana anterior.

Em Uruana (GO), ainda que o problema seja menos pronunciado, também houve redução da qualidade, e a oferta, ainda que o pico de safra tenha se encerrado, continuou firme. Assim, as cotações da melancia de mesmo calibre recuaram 18,8%, chegando a R$ 0,46/kg.

Para as próximas semanas, mesmo com possíveis dificuldades nos carregamentos frente ao feriado nacional de Nossa Senhora Aparecida (12) e à chegada de uma frente fria no estado de SP, as cotações podem voltar a subir, em decorrência da diminuição na oferta das praças produtoras frente ao fim do pico de safra em GO e ao início lento em SP.

Fonte: hfbrasil.org.br

Tags: cotação, demanda, feriado, frente fria, GO, goiás, melancia, oferta, pico de safra, preço, qualidade, SP, tocantins, Uruana

A reprodução do nosso conteúdo só é permitida com a citação da hfbrasil.org.br como fonte. Para saber mais sobre nossa política de reprodução clique aqui